segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Quase mesmo

Quase dito

Dois raios partem da cabeça,
Partem a cabeça e param na língua.
Deixam a mente e vivem à míngua,
Sem para a levar uma caleça.

Sidney Azevedo
Ditado.
(Um pouquinho...)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Inseto. Incerto.

Um inseto incomoda muita gente...



Não sei que bichinho é este. Mas fica aqui assim mesmo. Encontrei-o perto de casa. Disseram-me ser um barbeiro, desses que transmitem a doença de chagas. Estranho. Não lembro de barbeiros verdes... Quiçá seja um barbeiro marciano ou um barbeiro albino. Ou não. Talvez não seja nem marciano nem albino. Talvez nem mesmo barbeiro. Ainda penso que é uma mera existência no quintal. Um tipo de existência que se quadruplica no verão, em especial em casas arborizadas não muito distantes de rios - como, aliás, é o caso da minha...

Não gosto do verão, e já o falei aqui. E nada tenho contra insetos - aliás, eles são fascinantes..., vejam na foto. Mas não os quero por perto, em especial se desconhecidos. Mas, se não fosse o verão e a tendência que ele tem em fazer-nos nos aproximar uns dos outros - uma vez que nos força a sair de nossas tocas e buracos por conta do calor -, como poderia ter encontrado um tal visitante aguardando um clique? Ele não estaria no meu quintal - ou, pelo menos, não à minha vista... Nem eu, muito possivelmente, estaria no quintal.

De qualquer modo, ei-lo aí, camuflando-se no pequeno peso de pedras que minha avó confeccionou para segurar a toalha na mesa de café posta no meio do quintal, aparentemente porque cores se assemelham a seu tom esverdeado, andando lento, quieto, quase estático e aparentemente morto, mas inquietante, como se esperasse uma aproximação nossa para um bote certeiro e uma picada com um veneninho que, no mínimo, pudesse pôr um homem adulto para dormir. Quiçá nada disso. Mas um estranho visitante inquieta, e me faz detestar o verão, ainda que tenha que reconhecer nele algumas ressalvas a serem feitas nesse detestar.

Sidney Azevedo
Sem tempo para revisão gramatical
(Sem tempo para insetos e para calor...)